Com efeito, Junho é o mês do Referendo em Inglaterra, das Eleições em Espanha, da continuação da vaga de refugiados, do acentuar das pressões dos “falcões” do norte da Europa sobre os países do sul, do Europeu em França debaixo de diversas ameaças, das quais a segurança é uma das mais preocupantes, acrescendo a vaga de greves naquele país contra as Leis laborais e, ainda a situação da Grécia que já não tem condições para implementar mais austeridade e pode incumprir com as decisões a que foi obrigada recentemente.

Estou certo de que um considerável número de países está a preparar a moeda alternativa, desejando que António Costa em Portugal faça o mesmo.

Cameron na Inglaterra pode tera cordado tarde e estar a pagar as diatribes que fez nas negociações com a UE para apoiar o Sim.

Quando finalmente encostou os parceiros às cordas, passou a defender o Sim, em minha opinião muito tarde.

Mais do que nunca o dia 23 urge e o “Brexit“, junção das palavras “Britain” com “exit” pode acontecer de acordo com várias sondagens. As consequências são nefastas para o resto do mundo…ou não,como dizem oss defensores da saída. 

Bandeira de Inglaterra

Bandeira de Inglaterra

Em Espanha, certamente as Eleições vão manter o mesmo escalonamento de posições, ou, os espanhóis acordam e rumam para um dos lados.

Bandeira de Espanha

Bandeira de Espanha

É para aguardar com expectativa pelo dia 26 deste mês. Serviu este impasse, pelo menos, para adiar o ataque dos “falcões” do norte da Europa que nãpo falam com Espanha como falam com Portugal…sem respeito.

Em França, sob rigorosas medidas de segurança para fazer face ao europeu de futebol, esperamos sinceramente que os extremistas não aproveitem esta magnifica oportunidade de tanta pessoa junta….

Valham-nos os Santos Populares e a cara sardinha.

PF

The following two tabs change content below.
Paulino Fernandes
O BLOG Povo de Portugal é originado pelo título original de "Jornal Povo de Portugal". Nasceu em 19 de Novembro de 2007. Data em que nasceu o Jornal Povo de Portugal, editado durante vários anos em papel, foi percursor dos Jornais de Oleiros e de Vila de Rei. Percorreu a Europa, ligou os Portugueses espalhados pelo mundo com inegável sucesso. Vicissitudes várias, determinaram a suspensão que agora acaba, retomando as edições em online numa primeira fase como BLOG. Os insistentes incentivos de tantos Amigos espalhados pelo mundo, determinam a indispensabilidade de admitir esta medida que aqui anuncio com prazer e ambição. Voltaremos em breve a estar reunidos na defesa dos mesmos valores, dos mesmos objectivos, agora sob a designação de BLOG.