Senegal, um país a descobrir

  • Com Patrícia Brighenti, em Dakar

Este texto gira em torno de uma singela descrição do Senegal, como um dos países africanos a visitar e a descobrir.

Arquitetura tradicional

A República do Senegal situa-se no Norte de Africa, sendo uma das suas fronteiras o Oceano Atlântico, distanciando-se as ilhas de Cabo Verde a cerca de 560 km da costa senegalesa.

O ponto mais ocidental do continente africano encontrar-se precisamente em Dacar (Pointe des Almadies),capital do Senegal.

É um território que compreende uma área ainda considerável de 196 722 km2 e tem uma costa de 700 km2.

Faz ainda fronteira a sul com a Guiné-Bissau e Guiné-Conacri, ao norte e a leste com a Mauritânia e o Mali.

A Gâmbia está situada num enclave com abertura para o mar. Em virtude da sua posição geográfica, é um ponto de ligação dos mercados africanos com os mercados da Europa, Ásia e América.

Considerado um dos países que recebe mais sol por ano em todo o mundo (3 000 horas ano), tem mesmo assim um clima diversificado, a orla marítima é importante também para a manutenção dos diferentes ecossistemas.

Pirogas de pesca

O Senegal tem cerca de 12 milhões de habitantes, um quarto da população habita em Dacar e nos seus arredores.

Outras cidades bastante povoadas são Touba, Thiès, Kaolack, Saint-Louis, Rufisque, Ziguinchor e Diourbel.

O povo senegalês é o fruto de vários grupos étnicos tais como os Wolof, Lebou, Pulaar, Serere e os Diola.

Vivem em perfeita harmonia o que contribui para que o país seja socialmente estável e caracterizado por um mútuo entendimento entre as diferentes comunidades.

Isto resulta dos grupos étnicos partilharem valores comuns. Assim muçulmanos, cristãos e animistas vivem pacificamente e coabitam o mesmo território.

A Republica do Senegal viu o direito de voto ser instituído no ano de 1848 e desde aí o país continuou a desenvolver-se com base nos valores democráticos.

Desde a independência de 4 de Abril de 1960, o país levou a cabo as eleições presidenciais, legislativas e municipais. 

Monumento que celebra a independência

Num outro texto vamos viajar um pouco no tempo e conhecer melhor a história do Senegal.

Patrícia Brighenti

  • Patrícia Brighenti, Correspondente na Ghiné – Bissau, Director para o Continente Africano

Bandeira do Senegal

 

 

The following two tabs change content below.
Paulino Fernandes
O BLOG Povo de Portugal é originado pelo título original de "Jornal Povo de Portugal". Nasceu em 19 de Novembro de 2007. Data em que nasceu o Jornal Povo de Portugal, editado durante vários anos em papel, foi percursor dos Jornais de Oleiros e de Vila de Rei. Percorreu a Europa, ligou os Portugueses espalhados pelo mundo com inegável sucesso. Vicissitudes várias, determinaram a suspensão que agora acaba, retomando as edições em online numa primeira fase como BLOG. Os insistentes incentivos de tantos Amigos espalhados pelo mundo, determinam a indispensabilidade de admitir esta medida que aqui anuncio com prazer e ambição. Voltaremos em breve a estar reunidos na defesa dos mesmos valores, dos mesmos objectivos, agora sob a designação de BLOG.
Paulino Fernandes

Latest posts by Paulino Fernandes (see all)