• Nova Esquadra da PSP de Cascais é hoje inaugurada

    Carlos Carreiras, Presidente da Câmara de Cascais, cumpre hoje pelas 16H00 mais uma importante missão, consubstanciada na inauguração pelas 16H00 da nova e imponente Esquadra. Nas palavras do Presidente Carlos Carreiras, “passamos da pior ...

  • Hackers atacam emails dos jornais

    Hackers atacam emails dos jornais de Oleiros e Povo de Portugal Poderosos ataques foram desferidos contra os nossos jornais e, estão a ser utilizados os contactos de email para diversos fins. Evidentemente, não devem abrir qualquer desses emails ...

  • Oeiras apresenta projecto ambicioso para habitação jovem em Paço de Arcos

    Recuperação do maior edifício para habitação jovem já arrancou em Paço de Arcos No dia 13 de junho, arrancou a obra de recuperação do Villa Longa, o sexto edifício a ser reabilitado em Paço de Arcos no âmbito do programa de Habitação Jovem do ...

  • 75 anos do Dia D, breve homenagem, sentida

    Dia D (termo militar). Desembarques da Normandia Operação Overlord, Segunda Guerra Mundial Desembarque na praia de Omaha, na Normandia, 6 de junho de 1944, durante a Operação Netuno. Data 6 de Junho de 1944 Local Normandia, França Desfecho ...

  • Cascade19 a decorrer em Cascais – Simulação de Tsunami

    SIMULAÇÃO ” Decorria tranquila a manhã em Portugal, nomeadamente em Cascais onde me encontrava. As pessoas na praia, impecávelmente limpa, deitadas na areia ou a ler, eu próprio estava sentado frente ao Hotel Baía e contemplava dezenas de ...

Últimas Notícias

  • Manuel Pinto Luz, Vice-Presidente da Câmara de Cascais liderou a comitiva que em Roma entregou a Chave de Ouro da Vila ao Papa rancisco. Foi, evidentemente um momento marcante para Cascais, mas também para Portugal. No oportunidade foram dados passos significativos para Cascais aprofundar a ligação à rede Scholas Occurrentes que já em 2018 envolveu 180 jovens de Cascais nas suas actividades, estando agora sedeada na Escola Conde Ferreira. Desenvolvimentos em breve.

  • Entramos na semana do 25 de Abril.

    A data é para celebrar, marchando na Avenida da Liberdade para que a data não esqueça e seja celebrada como data libertadora.

    Que cada um celebre nas suas terras, em todo o lado, mas, de preferência nos grandes centros onde tudo se multiplica e decide.

    Por isso, 5ª feira, de novo lá estaremos.

  • O que se passa actualmente em Portugal é incompreensível para a generalidade da Europa. O país cresce, as contas melhoram, o desemprego cai, o pais paga a dívida, exporta mais, emprega mais em sectores cruciais do serviço público, como a saúde, devolve aos trabalhadores o que antes havia sido retirado à bruta, etc., e, no entanto, as televisões "do cabo..." não retratam isto. As notícias que estas televisões "do cabo..." fazem circular são geralmente negativas para o governo, más, pouco auspiciosas, desmotivadoras. Que querem determinadas minorias salazarentas, animadas por esbirros oriundos da pide e com saudade da ditadura? Por isso, Democracia consolidada mas sempre em perigo e atenta aos 21 de Dezembro próximo e a outros que não deixarão de criar. [caption id="attachment_4223" align="alignnone" width="150"] Não aos 21 de Dezembro...de 2018[/caption]  

  • A eleição do Dr.Mário Centeno é uma excelente notícia para Portugal e para o próprio evidentemente. Independente, com formação elevada, nomeadamente em Harvard, mostrou capacidade para gerir exxpectativas em Portugal, conseguindo cumprir e dar satisfação ao alívio necessário da da linha dura que vinha sendo praticada de forma insensível. É uma credencial extraordinária que certamente foi tida em conta na presente eleição. Mário Centeno presidirá a partir de 13 de janeiro ao Eurogrupo, um grupo informal de ministros das finanças e terá de gerir em conjunto com os restantes. No entanto e não despiciendo, a AGENDA será da responsabilidade dele, podendo introduzir temas que até hoje não era possível incluir. As dívidas dos países do sul e como as gerir, e isso não é pouco. No seu mandato vai ser certamente criado o Fundo Monetário Europeu, vai ser criado o super ministro das finanças europeu, etc. É um momento marcante. Mário Centeno terá agora acesso e será presença em diferentes palcos, nomeadamente nas reuniões do G7 e isso amplia a importância de Portugal no mundo. [caption id="attachment_3876" align="alignnone" width="150"] Mário Centeno[/caption] PF

  • EDITORIAL

    A recente discussão sobre a descida da TSU para compensar míseros aumentos salariais e fixação de salário mínimo, obriga a reflexões de todos.

    Portugal nivela sempre "por baixo"

    As estatísticas dizem que a qualificação dos empresários nacionais em elevada percentagem é inferior à dos funcionários que lideram.

    Gera, um problema de falta de visão empresarial, de capacidade de investimento e promoção do futuro e, até a um  incentivo para não estudar, aprender.

    De facto, aprender e estudar, para quê?

    As práticas empresariais em Portugal, visam sempre o enriquecimento rápido sem visão de investimento no futuro.

    Felizmente há exemplos contrários que devem ser saudados, mas, a percentagem de exemplos contrários é abundante.

    Descapitalizam as empresas, adquirem bens que não são resultantes de sucesso profissional, mas da descapitalização das empresas.

    Há exemplos de todo o tipo.

    Pagam salários baixos e o "resto" por fora prejudicando a segurança social e o fisco, mas também os próprios empregados que diminuem a capacidade de ter uma reforma decente.

    Beneficiam da pouca alternativa de emprego e do medo dos empregados.

    São actos indecorosos que não ajudam o futuro ou o crescimento expectável,menos ainda a necessária motivação individual.

    Urge colocar um ponto final em tudo isto e ultrapassar a composição das actuais lideranças empresarias das Confederações patronais que exibem um baixo nível de qualificação e, necessáriamente, nada a esperar da concertação social que deveria ser um factor de desenvolvimento e criação de oportunidades e, assim não é.

    O fausto que exibem é o inverso do insucesso empresarial das fábricas abandonadas que se encontram espalhadas por todo o país.

    Lamentável.

    [caption id="attachment_2898" align="alignnone" width="150"]abandono abandono[/caption] [caption id="attachment_2897" align="alignnone" width="150"]abandono, insucesso abandono, insucesso[/caption]

    PF

     

  • Com a devida vénia ao nosso Colega Jornal de Oleiros. http://www.jornaldeoleiros.com/2017/01/07/oleiros/editorial-morreu-o-dr-mario-soares.html [caption id="attachment_2835" align="alignnone" width="150"]Liberdade para escrever e pensar. Obrigado Dr. Mário Soares Liberdade para escrever e pensar. Obrigado Dr. Mário Soares[/caption]

  • Os Comandos nasceram no Exército Português como forças especiais de contra guerrilha

    A criação doas Comandos correspondeu à necessidade do Exército dispor de unidades especialmente adaptadas ao tipo de guerra que, em 1961, começou em Angola e que, depois, se estendeu à Guiné e a Moçambique

    O primeiro objectivo que se pretendeu atingir foi: “…constituir uma tropa especialmente preparada para as operações de contra guerrilha…

    A história dos Comandos começou em 25 de Junho de 1962, quando em ZEMBA, no norte de Angola, foram constituídos os primeiros seis grupos de combate, daqueles que seriam os antecessores dos Comandos.

    Os seis grupos obtiveram excelentes resultados operacionais.

    Em 1963 surgiu então, pela primeira vez, a designação de COMANDOS para as tropas instruídas no Centro de Instrução 16 em QUIBALA (Angola).

    Em 13 de Fevereiro de 1964, iniciou-se na NAMAACHA (Lourenço Marques) o 1º Curso de Comandos de Moçambique.

    1965 - Passa a funcionar em LUANDA o Centro de Instrução de Comandos, criado por decreto-lei nº 46410 de 29 de Junho 65, que formaria Companhias de Comandos durante 10 anos, com destino às Regiões Militares de Angola e Moçambique (RMA, RMM).

    1966 - Em Abril, é criado em LAMEGO um novo CI, onde passam a ser formadas Companhias de Comandos para os Teatros de Operações da Guiné e de Moçambique.

    1969 - Em Julho, é criado em BISSAU (Guiné) o Batalhão de Comandos da Guiné, que passa a integrar todas as Companhias de Comandos em actuação no Teatro de Operações da Guiné e, simultaneamente , funciona como CI, onde são formadas e recompletadas as 1ª, 2ª e 3ª Companhia de Comandos da Guiné.

    04Jul74 - É criado o Batalhão de Comandos nº 11, que fica aquartelado na Amadora, onde são integradas ou formadas as Companhias de Comandos.

    25Nov75 – O Regimento de Comandos intervém vitoriosamente e de forma altamente meritória nos destinos político-militares de Portugal, consolidando em definitivo a democracia e a liberdade conquistada em 25 de Abril de 1974.

    1976 - Nos diversos Centros de Instrução e até 1976, formaram-se um total de 67 Companhias de Comandos, que souberam sempre combater com determinação e valor, em todos os Teatros de Operações

    01Out93 - É extinto o Regimento de Comandos 1996 – É ministrado o 99º Curso de Comandos, no Centro de Instrução de Operações Especiais / Lamego 09Maio02.

    É reactivada a Unidade de Comandos, de escalão Batalhão a 2 Companhias, sedeada no Regimento de Infantaria Nº 1 - Serra da Carregueira

    16Set02 - Início do 100º Curso de Comandos.

    01Jul06 – É criado o Centro de Tropas Comandos (CTCmds).

    Por Despacho nº 131/CEME/2006 de 26Junho, com base no Anexo ao DL nº 115/2006 (2ª série) de 16 de Junho.

    31Mar08 - O CTCMDS é transferido do Quartel do Alto da Vela para o Quartel da Carregueira pela Directiva Nº12/CEME/08 de 10 de Janeiro.

    31Jul15: Em cumprimento do determinado no Decreto Regulamentar n.º11/2015, o Centro de Tropas Comandos retomou a designação de Regimento de Comandos (RCmds).

    • Em breve os nomes dos vários CMDT's das Companhias, num trabalho a realizar entre o nosso Director e a estrutura de Comando do Regimento na Carregueira e que vai iniciar-se em 20 de abril de 2018 em reunião conjunta destas entidades.
    • [caption id="attachment_2384" align="alignnone" width="150"]Comandos Comandos[/caption]

    ..............

    A triste notícia do falecimento de dois jovens nos treinos de candidatura a Comando, deixou todos os militares, familiares e amigos tristes. 

    [caption id="attachment_2387" align="alignnone" width="150"]Soldados da &º Companhia Soldados da 6ª Companhia[/caption]

    Quase todos os que combatemos, passaram por situações muito difíceis que não esqueceremos.

    Reconhecemos que os cursos devem ser adaptados ao tempo em que estamos, à evolução tecnológica, à ampliação de meios de apoio.

    [caption id="attachment_2388" align="alignnone" width="150"]38ª de Comandos 38ª de Comandos, comandada pelo Cap.Vitor Manuel Pinto Ferreira[/caption]

    Não tem discussão, tal como não é discutível o fim do regimento, algo que só pode pedir quem não teve o previlégio de defender o seu país, vestir a farda.

    Esse sentimento só os que a vestiram podem sentir.

    Penso e sou sincero, acredito que ao Ministro da Defesa não terá passado pela cabeça tal solução e, acredito também que o Presidente da República não o permitiria.

    O Regimento de Comandos ( a unidade com maior número de Torres Espada ), a mais alta condecoração para um militar está para durar.

    [caption id="attachment_2385" align="alignnone" width="150"]Jaime Neves Jaime Neves[/caption]

    As suas distinções são imensas, da guerra em África ao Afganistão onde o CMDT Chefe, um General Britânico, afirmou que nunca havia comandado Homens de tão elevada craveira.

    Tive o previlégio de conviver com muitos, privar com outros, ser Amigo de muitos.

    Seria fastidioso mencionar todas os que o mereciam e todos percebem essa impossibilidade, mas, não posso nem devo esquecer Homens como Jaime Neves, Raúl Folques, Reis Moura e outros.

    [caption id="attachment_2386" align="alignnone" width="150"]Raúl Folques Raúl Folques, Cor. CMDT das 1ª e 19ªs Companhias de Comandos.[/caption] [caption id="attachment_2384" align="alignnone" width="150"]Comandos Comandos[/caption]

    A terminar, fica claro que nos bateremos em todas as frentes em defesa do Regimento.

    PF

  • O desastre Lula da Silva A História já não poupará este homem pequeno de cultura. Vindo do operariado, chegou a Presidente e, ao sair colocou lá uma "mulher de mão" que agora procurou ordeiramente salvar o protector. Ambos terão um fim feio, esperando-se apenas que não arrastem o país para um desastre ainda maior. Lula transformou-se num pesadelo para tantos amigos que o admiravam e prejudica a imagem do seu país e não só. A Justiça no Brasil vê-se envolvida muito negativamente neste escabroso processo, ao ver um Juíz Federal ( Itagiba Catta Preto Neto ) que nome, figura das manifestações de rua que escutou a ainda Presidente Dilma Rousseff e, não satisfeito pela quebra grave, coloca a escuta na internet. Lamentável. Dois homens e uma mulher que podem arrastar o país irmão para um enorme desastre. Desejamos que o Brasil com uma das classes políticas mais corruptas do mundo, se livre dos três e afugente dezenas de outros sem que um desastre se verifique. [caption id="attachment_1871" align="alignnone" width="150"]Lula da Silva Lula da Silva[/caption] PF