Município de Vila Velha de Ródão quer encerramento da Central Nuclear de Almaraz

O presidente da Câmara de Vila Velha de Ródão, Luís Pereira, voltou a reclamar o encerramento da Central Nuclear de Almaraz, a qual se situa em Espanha, a cerca de 100 quilómetros da nossa região e que é refrigerada pelas águas do Rio Tejo.

Luís Pereira reafirmou esse desejo do seu município durante a conferência promovida pelo Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB), na passada quinta-feira. “Estamos contra o funcionamento da Central Nuclear de Almaraz, pois aquilo que está em causa são os interesses económicos espanhóis que mantêm em funcionamento uma infraestrutura que já está amortizada, cujo seu período de vida era de 20 anos e que já funcionou mais 10, com todos os riscos que lhe estão associados”, disse o autarca.

O presidente do Município recorda que “Portugal é um país que decidiu não ter energia nuclear, pelo que toda a sua produção energética não contempla as centrais nucleares. Mas hoje somos confrontados com uma decisão que coloca sob o nosso país todo o ónus negativo que o funcionamento de uma estrutura dessas tem. O Governo espanhol tem toda a legitimidade de definir o seu modelo energético, mas não pode colocar Portugal a sofrer as consequências dessa decisão. Isso não podemos aceitar”.

A Central Nuclear de Almaraz já ultrapassou a sua vida útil, mas o recente anúncio por parte do Estado espanhol em construir um armazém para resíduos daquela estrutura pressupõe que irá continuar em funcionamento.

O autarca sublinha ainda o facto de Portugal ser prejudicado duplamente. “Primeiro somos penalizados pelas questões ambientais, ficando expostos a riscos, depois Espanha ao produzir energia barata através deste tipo de centrais cria melhores incentivos energéticos para as suas empresas”.

Para Luís Pereira, “Portugal deveria ser consultado sobre essa matéria e sobre o estudo que deveria ter sido feito em termos de impacte ambiental – e que não foi realizado – para a construção desse mesmo armazém”.

Por isso, assegura o autarca de Vila Velha de Ródão, as “instituições europeias devem ter uma palavra a dizer.

E nesse sentido o Ministro do Ambiente esteve muito bem em colocar esta questão na União Europeia”.

A conferência reuniu, além do próprio presidente do IPCB, Carlos Maia, os autarcas de Castelo Branco, Luís Correia, e de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto, e os docentes da Universidade Nova de Lisboa, João Joanaz de Melo, e da Escola Superior de Tecnologia de Castelo Branco, Paulo Marques.

Luís Pereira

Luís Pereira

The following two tabs change content below.
Avatar
O BLOG Povo de Portugal é originado pelo título original de "Jornal Povo de Portugal". Nasceu em 19 de Novembro de 2007. Data em que nasceu o Jornal Povo de Portugal, editado durante vários anos em papel, foi percursor dos Jornais de Oleiros e de Vila de Rei. Percorreu a Europa, ligou os Portugueses espalhados pelo mundo com inegável sucesso. Vicissitudes várias, determinaram a suspensão que agora acaba, retomando as edições em online numa primeira fase como BLOG. Os insistentes incentivos de tantos Amigos espalhados pelo mundo, determinam a indispensabilidade de admitir esta medida que aqui anuncio com prazer e ambição. Voltaremos em breve a estar reunidos na defesa dos mesmos valores, dos mesmos objectivos, agora sob a designação de BLOG.