Bolsa de Turismo de Lisboa 

Município da Sertã apresentou Festival de Gastronomia

 

O Município da Sertã esteve representado na edição 2022 da Bolsa de Turismo de Lisboa que decorreu de 16 a 20 de março. Carlos Alberto de Miranda, Presidente da Câmara Municipal da Sertã, apresentou o Festival de Gastronomia do Maranho, a 20 de março, e revelou algumas novidades. Para além dos diversos atractivos do concelho da Sertã, o autarca destacou o Maranho como sendo “a nossa maior marca, o nosso grande emblema em matéria de gastronomia”.

De 14 a 17 de julho, o Festival de Gastronomia do Maranho será um ”grande evento de promoção da gastronomia local, divulgação das potencialidades turísticas do concelho e um evento importante para o reforço da identidade do concelho”. Carlos Alberto de Miranda referiu que o figurino do festival irá mudar um pouco, fazendo “uma aposta reforçada na gastronomia, com mais restaurantes aderentes, com associações locais em destaque, dar mais relevo aos costumes e tradições locais, novas áreas expositivas e todo um novo planeamento do espaço. Vamos também dar um novo destaque às freguesias do concelho e descentralizar as atividades. (…) Vamos ter quatro dias muito preenchidos, desde manhã até à noite”, finalizou o autarca.

A apresentação decorreu no âmbito da participação da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo. Seguiu-se a degustação de Maranho e a animação musical com o pianista sertaginense Marco Figueiredo e o cantor de jazz norte-americano Chuck Wansley, recentemente residente no concelho da Sertã. Simultaneamente, o Município da Sertã esteve representado no stand da AMREN2 (Associação de Municípios da Rota da Estrada Nacional 2) onde, também a 20 de março, decorreu degustação de Maranho da Sertã e Cartuchos de Amêndoa de Cernache do Bonjardim e momento musical com Marco Figueiredo e Chuck Wansley.

 

The following two tabs change content below.
O BLOG Povo de Portugal é originado pelo título original de "Jornal Povo de Portugal". Nasceu em 19 de Novembro de 2007. Data em que nasceu o Jornal Povo de Portugal, editado durante vários anos em papel, foi percursor dos Jornais de Oleiros e de Vila de Rei. Percorreu a Europa, ligou os Portugueses espalhados pelo mundo com inegável sucesso. Vicissitudes várias, determinaram a suspensão que agora acaba, retomando as edições em online numa primeira fase como BLOG. Os insistentes incentivos de tantos Amigos espalhados pelo mundo, determinam a indispensabilidade de admitir esta medida que aqui anuncio com prazer e ambição. Voltaremos em breve a estar reunidos na defesa dos mesmos valores, dos mesmos objectivos, agora sob a designação de BLOG.